Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 24 de abril de 2014

VW APRESENTA UP! NAS VERSÕES 2 PORTAS E I-MOTION


VW Move up! 2 portas


O up! é considerado um marco na história da Volkswagen, o 'novo Fusca' de fato. Mas o compacto ainda não atingiu o patamar de vendas que a VW esperava no Brasil e ela quer mudar esse quadro: hoje a marca apresenta à imprensa de uma só vez o up! 2 portas e o up! I-Motion.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

HYUNDAI DESMENTE COMERCIALIZAÇÃO DO IX25 NO BRASIL




Lembra do SUV ix25, apresentado pela Hyundai no Salão de Pequim semana passada e mostrado aqui? O rebu criado em torno de sua aparição tinha muito a ver com a possibilidade de comercialização no Brasil, especialmente pelo (não confirmado) uso da plataforma do HB20; se não por produção local, cogitava-se a importação do modelo.

NISSAN NEW MARCH JÁ PODE SER RESERVADO



Prática que tem se tornado comum no mercado é a pré-venda de modelos prestes a serem lançados. A Nissan, que acabou de inaugurar seu novo Complexo Industrial na cidade de Resende, RJ, adotou a prática ao abrir reservas para os interessados no New March, primeiro modelo produzido na nova fábrica.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

KIA LANÇA NOVA CARNIVAL NO SALÃO DE NOVA IORQUE



Demorou, mas aconteceu. A renovação dos modelos da Kia, que começou em 2009, terminou agora com a apresentação da nova Carnival 2015, nos EUA chamada de 'Sedona'. A revelação das novas linhas acontece no Salão Internacional de Nova York, que vai até o dia 27 de abril.

domingo, 20 de abril de 2014

HYUNDAI IX25 É MOSTRADO NO SALÃO DE PEQUIM




Ainda é um conceito, mas é provável que não mude tanto na versão de linha: o Hyundai ix25, SUV compacto que poderá concorrer com EcoSport, Tracker, Duster e os futuros Peugeot 2008, JAC T6 e Honda Vezel, foi apresentado no Salão de Pequim esta semana.

sábado, 19 de abril de 2014

QUE VENÇA O MELHOR


ALTA RODA, Fernando Calmon




Nada de modismo ou coincidência, mas motores de três cilindros chegaram para ficar também no Brasil. Essa tendência se observava em outros mercados pela necessidade universal de ganhos em eficiência energética. Diminuição de consumo é o único modo de reduzir emissões de gás carbônico (CO2), um dos responsáveis pelo efeito estufa e aquecimento global. Filtros ou catalisadores são inúteis.