sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

ERROS E ACERTOS: KICKS X HR-V


Por Yuri Ravitz e Maximiliano Moraes
Fotos: Divulgação

O ano de 2017 trouxe algumas novidades significativas para o mercado automotivo brasileiro. A fim de lhe ajudar na doce tarefa de escolher um carro novo, decidimos elaborar uma série de análises sobre esses lançamentos e seus principais concorrentes, em parceria com o Volta Rápida, onde vamos abordar os principais pontos fortes e fracos de cada novidade, por segmento.


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

ERROS E ACERTOS: POLO X ARGO


Por Yuri Ravitz e Maximiliano Moraes
Fotos: Divulgação

O ano de 2017 trouxe algumas novidades significativas para o mercado automotivo brasileiro. A fim de lhe ajudar na doce tarefa de escolher um carro novo, decidimos elaborar uma série de análises sobre esses lançamentos e seus principais concorrentes, em parceria com o Volta Rápida, onde vamos abordar os principais pontos fortes e fracos de cada novidade, por segmento.


segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

ERROS E ACERTOS: KWID X MOBI


Por Yuri Ravitz e Maximiliano Moraes
Fotos: Divulgação


O ano de 2017 trouxe algumas novidades significativas para o mercado automotivo brasileiro. A fim de lhe ajudar na doce tarefa de escolher um carro novo, decidimos elaborar uma série de análises sobre esses lançamentos e seus principais concorrentes, em parceria com o Volta Rápida, onde vamos abordar os principais pontos fortes e fracos de cada novidade, por segmento.


terça-feira, 19 de dezembro de 2017

RENAULT CAPTUR INTENSE 2.0 - AVALIAÇÃO



Fazia tempo que um carro não chamava tanto a atenção aqui no RACIONAUTO. O cara da barraca de pastel, o senhor no carro ao lado que pediu para eu abrir o vidro no semáforo, a moça no estacionamento do supermercado, todo mundo perguntando sobre o carro, elogiando o design e se esforçando pra falar o nome de forma correta. Seja bem francês nessa hora: o "t" se pronuncia meio "tch", mas com menos intensidade, e o "u" precisa ser dito com biquinho. Mas a Renault coloca acento agudo no "a", então o Captur vira Cáptchürr. Eita.